"Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham, nem fiam. E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles".

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Para eu - Para mim

* Usa-se para eu e não para mim com verbos no infinitivo (eu deve ser sujeito do verbo no
infinitivo). Nos demais casos usa-se para mim.

Ex.: Esse livro é para eu ler ?
....... Essas balas são para mim?


ATIVIDADES
01 – Tenho que ler bastante para ............. escrever melhor.
02 – Para ............... não há nenhum problema.
03 – Não há desentendimento entre .............. e ti.
04 – Percebi que o plano era para ............. desistir do jogo.
05 – Não vá sem ............... ao cinema.
06 – Sem ................ autorizar, ninguém deve entrar nesta sala.
07 – Já houve muitas discussões entre ti e ............. .
08 – Para ..............., aceitar esta condição é humilhante.
09 – Todos se voltaram contra ............. naquela ocasião.
10 – Quanto a .............. não faço objeções ao plano.
11 – Acho que eles estão olhando para ............... .
12 – Todos aqueles trabalhos são para ............... revisar
.



Observação:

Os pronomes eu e tu do ponto de vista da gramática normativa do Português culto, não devem ser acompanhada de preposição. Assim, deve-se escrever:

Entre mim e ti não há segredos.

e não

Entre eu e tu

Observe os exercícios 3, 5, 6, 7, 9 e 10 – casos em que a preposição rege os pronomes.

Preposições: - com, contra, de, desde, em, entre, para, perante, sem, sob, sobre, para, a, até, após, perante, por, ante...